Portal do Clima
AdaPT

ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS VÃO ACABAR COM O FISH AND CHIPS BRITÂNICO

O aumento da temperatura dos oceanos vai provocar a diminuição de alguns pescados próprios da dieta britânica, como pescada, solha ou linguado, segundo um estudo hoje publicado na revista Nature Climate Change.

Os cientistas garantem que o menu tradicional britânico de ‘fish and chips’, em que se destaca a pescada ou o linguado com batatas fritas, poderia ser substituído por outro tipo de peixe, como sardinha ou lula.

A investigação, feita na Universidade de Exeter, no sudoeste da Inglaterra, indica que a quantidade deste tipo de peixe poderia diminuir à medida que o Mar do Norte aumente em 1,8ºC a sua temperatura nos próximos 50 anos, em consequência das alterações climáticas.

Os consumidores que desejem comer peixe da zona vão ter de mudar a dieta e escolher outro pescado, entre o qual se inclui o salmonete, que devem continuar naquelas águas.

Tal como já ocorre nos mares quentes, algumas espécies vão ser capazes de se deslocar para o norte e readaptar-se, ao passo que outras não serão capazes de se habituar às águas profundas dos mares onde estão, previram os cientistas.

Os peixes vão ficar com problemas, a menos que mudem de ‘habitat’ e dieta nos próximos 20 a 30 anos ou se adaptem a viver com mais dois graus de temperatura”, disse Stephen Simpson, da Universidade de Exeter, à cadeia BBC.

Peter Richardson, da Sociedade britânica de Conservação Marinha, assinalou que o estudo confirmou que se tem de ser “muito mais inteligente” e preocupar-se mais com a exploração dos recursos marinhos.

“Não podemos continuar tão arrogantes com um recurso tão valioso e esperar que os animais sejam resistentes aos impactos das alterações climáticas”, concluiu Richardson.

/Lusa

Posted on 24 Abril, 2015 in Notícias Alterações Climáticas

Share the Story

About the Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to Top