Portal do Clima
AdaPT

Fevereiro foi 1,35º mais quente do que a temperatura média histórica do mês em todo o mundo

As temperaturas globais do mês de Fevereiro bateram todos os recordes históricos por uma larga margem, de acordo com dados da agência norte-americana NASA, que voltou a relembrar a necessidade de medidas que mitiguem as alterações climáticas.

De acordo com a NASA, a temperaturas globais subiram 1,35º em relação às temperaturas médias para este mês medidas no período entre 1951 e 1980. “É um grande choque e mais uma lembrança da subida incessante das temperaturas globais resultantes de gases com efeito de estufa produzidos pelo Homem”, escreveram Jeff Masters e Bob Henson no blog Weather Underground, que analisou os dados.

Na verdade, o mês de Janeiro já tinha batido todos os recordes de temperatura, com os termómetros a subirem 1,15ºC em relação à media global daquele mês.

O Weather Underground explica ainda que, embora parte deste fenómeno tenha sido originado pelo El Niño, no Oceano Pacífico, a verdade é que as temperaturas foram mais altas que as ocorridas no último El Niño, em 1998, um fenómeno que foi tão violento como o deste ano.

“Estamos numa espécie de emergência climática”, explicou à Fairfax Media Stefan Rahmstorf, do Postdam Institute of Climate Impact Research, da Alemanha. “Isto é realmente incrível e sem precedentes”, concluiu.

Notícia publicada em Green Savers

Posted on 14 Março, 2016 in Notícias Alterações Climáticas

Share the Story

About the Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to Top