Portal do Clima
AdaPT

Workshops Regionais #2

Entre 23 de março e 14 de abril, decorreram Workshops Regionais #2, que corresponderam às formações sobre ‘Vulnerabilidades Futuras e Opções de Adaptação’. Estas formações, por serem regionais, decorreram em quatro sessões, de forma a abranger todo o país:

Lisboa e Vale do Tejo (inclui Açores), 23 e 24 de março de 2015, Lisboa.
Programa
Vídeos

Sul (inclui Alentejo, Algarve e Madeira), nos dias 30 e 31 de março de 2015, em Évora:
Programa
Vídeos

Norte, nos dias 8 e 9 de abril de 2015, no Porto:
Programa
Vídeos

Centro, nos dias 13 e 14 de abril de 2015, em Coimbra:
Programa
Vídeos

Estes workshops regionais #2 reuniram os técnicos municipais de cada um dos (26) Municípios beneficiários presentes na região (ver lista aqui). O Município de Vila Franca do Campo (Açores) esteve presente na sessão de Lisboa e o do Funchal (Madeira) na sessão do Sul.

Cada sessão decorreu durante dois dias. O primeiro dia permitiu aos técnicos das Câmaras Municipais (CMs) beneficiárias apresentarem o trabalho realizado até ao momento, sumarizando quais as vulnerabilidades atuais do seu Município, assim como os principais desafios para a concretização do seu trabalho. Após uma pausa para café bastante interativa, o Professor Filipe Duarte Santos, coordenador do Projeto e especialista em Alterações Climáticas (FCUL – Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa) fez uma apresentação sobre os cenários climáticos globais e nacionais. Foi, desta forma, criando contexto para o tema desta sessão de formação, sobre as vulnerabilidades climáticas futuras de cada um dos municípios, permitindo compreender e identificar as diversas opções de adaptação com vista a reduzir a exposição ou sensibilidade às Alterações Climáticas futuras, bem como a saber tirar partido das mesmas. Os investigadores Luís Dias e Tiago Capela (FCUL) apresentaram sumariamente os próximos passos da metodologia ADAM que irá finalizar na construção das Estratégias de Adaptação Municipal. A investigadora Luísa Schmidt (ICS – Instituto de Ciências Sociais) apresentou os dados de monitorização do conhecimento sobre ACs, bem como a avaliação dos formandos a todo o processo formativo. Seguiu-se a intervenção de Ana Rita Antunes (Quercus), que apresentou as funcionalidades do site do projeto e da área privada de trabalho, acessível apenas aos técnicos das CMs beneficiárias do Projeto.

No segundo dia de formação foi realizado um exercício, coordenado pela FCUL, de modo a apresentar uma forma mais prática de identificar e classificar as vulnerabilidades futuras. Foram ainda realizadas apresentações por parte da investigadora Vera Gregório (FCT) que se encontra a desenvolver uma ferramenta para avaliação de riscos do edificado e da população de cada zona. Cada sessão regional contou ainda com diferentes especialistas convidados que abordaram temáticas relacionadas com as vulnerabilidades regionais. Estas apresentações englobaram áreas como o Urbanismo (Prof. João Pedro Costa – Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa), o Impacto das Ondas de Calor na Saúde (Dr. Paulo Jorge Nogueira -Direcção-Geral da Saúde), a Biodiversidade e Sistemas de Ecossistema (Dr.ª Maria João Cruz – FCUL), o Ordenamento do Território (Prof. João Ferrão – ICS) e as Zonas Costeiras (Prof. Carlos Coelho – Universidade de Aveiro).

Além de salientar o empenho e a dedicação dos técnicos das CMs beneficiárias, as sessões têm contado com uma forte participação de técnicos de outras CMs que decidiram aderir ao projeto posteriormente, bem como de técnicos e decisores das várias CCDRs.

 

Posted on 15 Abril, 2015 in Atividades do Projeto

Share the Story

About the Author

Response (1)

  1. http://thedigitalbridges.com
    25 Agosto, 2015 at 23:40 · Responder

    Your ideas and words are easy to understand for someone like me.

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to Top